Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog de marciogama
 


Inovação: universidade melhora organização do trabalho

A Universidade Federal Fluminense- UFF, através de seu Núcleo de Estudos e Projetos Habitacionais Urbanos- NEPHU fez uma reorganização institucional e obteve resultados dignificativos como melhor organização do trabalho, maior aproveitamento do tempo, melhor definição das responsabilidades individuais, melhor aproveitamento do espaço físico, maior respeito aos diversos espaços, melhoria da comunicação interna, melhor integração com alunos, melhor relacionamento da equipe, maior aproveitamento dos potenciais individuais e grupais, maior eficiência no controle do material, maior eficiência na gestão administrativa, melhor definição das equipes de projeto, ampliação dos contatos, maior cooperação externa, melhoria das condições de trabalho e articulação institucional. Esta reoganização rendeu até premiação em concurso nacional de inovação.
Foi implantado um sistema de gerenciamento composto por elaboração, capacitação em planejamento, supervisão metodológica e treinamento em técnica e atitudes. O núcleo foi premiado no primeiro concurso de experiências inovadoras na administração pública federal.
O principal responsável por esta inovação é Peter Pfeiffer e sua equipe composta por Ângela Maria Mafra Thesi, Ciro Airton Sepúlveda Gonçalves, Claudia Marcia Batista de Almeida, Cristina Barbosa Loureiro Goneli, Heloisa Helena Barcelos Freire, Gerônimo Leitão, Glauco Bienenstein, Guilherme Peçanha da Silveira, Haroldo Braune Collet, Luciana Lontra Nacif Pinheiro, maria das Graças Osório Pitombeira Lustosa, Marco Antônio Pimentel de Melo e Regina Bienenstein.
Outras informações sobre esta reorganização podem ser obtidas pelo no núcleo que está na Rua Almirante Teffé, 637, Niterói-RJ, CEP 20030-080.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)    



Escrito por marciogama às 11h25
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: sucessão com democracia e competência

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa implantou um sistema de sucessão gerencial que alia a eleição democrática com a avaliação objetiva da competência do eleito. O sistema rendeu até premiação em concurso nacional de inovação.
Como resultado, a mudança apresentou a realização de 18 processos de seleção para as chefias, combinou democracia e avalização obejtiva de mérito do eleito, mais comprimisso com os objetivos e missão da organização e a possibilidade de participação da sociedade no gerenciamento. A inciativa foi premiada no primeiro concurso de experiências inovadoras na administração pública federal.
Na nova metodologia, o presidente da empresa determina a abertura do processo de seleção de chefe, divulga e comunica ao comitê técnico interno. O comitê estabaelce o cronograma do processo e divulga amplamente entre a sociedade informando sobre requisitos, critérios de inscrição, atribuições do cargo, etc... Encerrado o período de inscrição, é formado o comitê de avaliação. O comitê de avaliação tem sete membros(três deles externos à empresa). o comitê aprecia os títulos e avalia proposta de trabalho e memorial de cada candidato. Em seguida encaminha ao presidente da empresa um relatório acompanhado apenas do currículo de cada candidato apto par apreciação e escolha de um dos nomes. O escolhido gere por dois anos renováveis por igual período.
O principal responsável pela inovação é César Felício Prata e sua equipe composta por Alberto Duque Portugal, Antônio Flávio Dias Ávila, Elias Freitas Júnior, Elísio Contini, Elizabeth Arante de Oliveira, Erycson Pires Coqueiro, Odiva Silva Xavier, Rosa Maria Nader, Suzana Maria Valle Lima e Tomás de Aquino Guimarães.
Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas na empresa que está no endereço: SAIN- Parque Rural, Brasília- DF, CEP 70770-901(os endreços em Brasília são assim mesmo...)
(mais em http://marcio.gama.zip.net)    



Escrito por marciogama às 11h21
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: velharia é a última moda

A busca pela qualidade parece mesmo não ter fim. E para atingir este objetivo, as organizações recorrem a inovações que já eram consideradas  que eficientes desde sempre. É o caso da Universidade Federal de Uberlândia-UFU através de sua Pró-reitoria de Recursos Humanos- Proreh que centrou-se em programas de treinamento restritos e segmentados. Com estes, chegou a ser premiada em concurso nacional de inovação.
Como resultados, a pró-reitoria obteve a erradicação do analfabetismo em toda a UFU, atendeu toda a demanda de ensino de primeira à quarta série do ensino fundamental, sucesso no ensino supletivo de quinta a oitava série, implantação do ensino supletivo do ensino médio, o envolvolvimento de mais de 7 mil pessoas no projeto, melhorias no desempenho do quadro de pessoal, manifestações positivas das chefias, elogios dos usuários dos serviços, interesse de outras instituições públicas e privadas, visitas técnicas, convites para exposição do plano e solicitações de material infomativo sobre o projeto.
O Plano Integrado de Capacitação dos Servidores Técnico-administrativos- PICS é um conjunto de projetos que visam a oferecer alfabetização, educação de ensinos funcamental e médio, preparação para o ensino superior, pós graduação, estágios, preaparação para o desenvolvimento de pesquisas, eventos internos e externos e atiovidades especiais. O PICS chegou a ser premiado no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na adminstração pública federal.
A principal responsável por esta inovação é Maria de Lourdes de Miranda Garcia e sua equipe composta por Edélzia Márci Piva, Eliana Vilella de Andrade, Eunice Maria de Lima Thomaz, Lilian Machado de Sá, Maria aparecida Zago Segatto, Maria Cristina de Oliveira, Maria de Fátima Pereira dos Santos, Marilda Magna Siquiera, Rosilene Romano Rodrigues Ortega, Rute Moraes de Souza, Sandra Cunha Caetano e Sônia Maria Borges.
Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas na pró-reitoria que está na Rua Duque de Caxias, 285, Centro, Uberlândia-MG, CEP 38400-902.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)   



Escrito por marciogama às 11h19
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: INSS cria diagnóstico biopsicossocial

O Instituto Nacional do Seguro Social- INSS, através de sua Superintendência Estadual em São Paulo, implantou um Programa de Saúde e Prevenção- PSS focado em diagnóstico biopsicossocial. O programa recebeu até premiação de concurso nacional de inovação.
Como resultados, a superintendência obtém a melhoria da qualidade de vida e de trabalho dos servidores, viabiliza ações preventivas orientadoras e curativas, contempla unidades e subunidades, elimina ações pulverizadas, otimiz a relação de custo/benfício do investimento em saúde no trabalho e maior eficiência no atendimento médico dos servidores.
O PSS baseia-se em planejamento de ações que contempla aspectos da saúde física, psíquica, social, valorização do indivíduo no trabalho e desenvolvimento pessoal e profissional. As ações iniciam com um seminário de sensibilização e continuam com a aplicação de questionários para o diagnóstico da saúde aos servidores. A análise dos resultados é feita com auxílio de um programa informatizado. O combate aos problemas tem metodologias diferentes para a capital e para o interior do Estado. A iniciativa foi premiada no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na administração pública federal.
A principal responsável por esta inovação é Helena Nogueira de Santana Miranda e sua equipe composta por Magali Paixão Ribeiro, Maria Bernadete Cavalheiro Meira, maria de Lourdes Miguel Nogueira, Marli Penteado Carbonari, Miriam Carreira M. Peixoto, Solange M. M. Matiello, Sonia Assato e Sonia Regina Lourenço Pereira.
Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas na superintendência que está na Rua 24 de Maio, 250, 4º andar, Centro, São Paulo-SP, CEP 01041-000.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)



Escrito por marciogama às 11h16
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: casa de ferreiro, espeto de ferro

O Ministério da Educação- MEC aperfeiçoa ou um plano que visa a proporcionar educação em nível de ensino fundamental aos seus servidores e prestadores de serviços. Programas com o mesmo objetivo já existiam desde a década de 70, mas os resultados... Com implantação do Programa de Formação Educacional Básica- PEB, o ministério obtém como resultados a alfabetização de dezenas de alunos, os alfabetizados geraram demanda para segunda, terceira fases, e uma quarta fase que é o ensino médio. Ocorreram mudanças comportamentais positivas, elevação do nível de consciência de direitos e deveres, maior satisfação no trabalho, desenvolvimento de chefias, aumento de interessados no programa- tanto alunos como profesores. A iniciativa rendeu até premiação em concurso nacional de inovação.
O PEB se divide em três fases: I, II, III. a primeira fase é a alfabetização. A segunda, o ensino de primeira a quarta série do ensino fundamental- EF e a terceira fase refere-se ao ensino de quinta a oitava série do EF. A divulgação do programa foi na base do de boca em boca com auxílio de recursos limitados como folders e cartazes. Depois obteve o apoio técnico-oedagógico de outras instituições e oferece ensino médio inclusive a recrutas do exército. O PEB foi premiado no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na administração pública federal.
O principal responsável por esta inovação é Clayton Geraldo Mendonça de Castilho e sua equipe composta por Ademilde Duarte Abiorana, Ailton de Souza Vasconcelos, Rosa Maria Pereira da Silva Oliveira e Vânia Luzia Honório de Souza. Outras informaçãoes sobre esta inovação podem ser obtidas no ministério na Esplanada dos Ministérios, Bloco L, Anexo II, sala 114, Brasília-DF, CEP 70047-900.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)



Escrito por marciogama às 11h14
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: custo de treinamento cai 400%

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária- Incra, através de sua Superintendência Regional do Acre, derruba de R$600 para R$100 o custo de treinamento em informática por aluno, o que representa uma economia de aproximadamente 83%. A ação rendeu até premiação em concurso nacional de inovação.
Como resultado, o instituto obteve o treinamento de 115 servidores em um ano com economia de custos financeiros de mais de 400%, elevou o aproveitamento entre servidores que nunca haviam tido contato com o computador, surgimento de pelo menos 13 novos treinadores entre os servidores, elaboração de novas técnicas incorporadas ao cotidiano, padrão de trabalho mais preciso e ampliação do acesso ao treinamento a servidores de outros órgãos públicos da região.
Foi montado um centro de treinamento de informática em suas próprias instalações, com seus próprios instrutores, com seus próprios materiais didáticos impressos em sua própria gráfica. a duração dos cursos é de 20 dias úteis com um custo de R$100 or aluno em comparação com o custo previsto de R$600/aluno se o mesmo fosse realizado fora. A iniciativa foi premiada no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na administração pública federal.
Os principais responsáveis pela conquista são Francisco José Nascimento e Maria do Socorro Silva e equipe composta por João Thaumaturgo Neto, Raimundo de Araujo Lima e Sara Brandão Mendes. Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas na superintendência que está na Estrada do São Francisco, s/nº, Rio Branco-AC, CEP 69900-000.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)  



Escrito por marciogama às 11h13
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: psicologia é caso de polícia

A psicologia virou caso de polícia ou a polícia passou a ser explicada pela psicologia? O Departaemento da Polícia Federal- DPF, através de sua Superintendência Regional no Rio Grande do Sul, cria um Núcleo de Psicologia e Assistência Social- Nupas para atender os seus funcionários, familiares e dependentes. A iniciativa rendeu até premiação em concurso nacional de inovação.
Os resultados obtidos foram a melhoria do desempenho, da iniciativa , repercussão positiva na produção e na satisfação e redução em 50% no número de sindicãncias disciplinares dos atendidos.
O Nupas funciona com pessoal, material, instalações e equipamentos da casa. Reúne profissionais de diferentes áreas que atuam de forma interdisciplinar. São tratados vítimas de alcoolismo, dificuldades familiares e acompanhamento de servidores indiciados ou envolvidos em procedimentos disciplinares. A inovação foi premiada no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na administração pública federal.
O principal responsável pela inovação é Jorcelino Luiz Rodrigues dos Santos e sua equipe composta por Beatriz Daroit, Elisete de Oliveira Kockhann, Jorge Fernando de Oliveria Vieira, Jorge Luiz Bragança de Vasconcelos, Jucélia Pisone, Moacyr Eduardo Feichas, Paula do Carmo Dutra, Paulo de Tarso Koeckner, Paulo Marcelo Zimmermann, Rolnei Correa Pinto, rosane Maria dos Anjos Bairros e Washington Luiz de Bittencourt Siqueira. Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas no Nupas que está na Avenida Paraná, 991, bairro São Geraldo, Porto Alegre-RS, CEP 90240-600.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)




Escrito por marciogama às 11h11
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: parceria com os terceirizados

O Ministério da Agrivultura- MA, através da Delegacia no Mato Grosso do Sul, estabelece uma prática de parceria entre os funcionários próprios e os terceirizados. O objetivo é solucionar conflitos surgidos durante os trabalhos das duas classes de servidores. A medida rendeu até premiação em concurso nacional de inovação.
Os resultados obtidos foram a superação dos conflitos entre prestadores de serviço e supervisores, ganhos de eficácia e eficiência na atividade de classificação vegetal, modernização dos processos, procedimentos e padrões de nível internacional, generalização da experiência para outras unidades federativas, o que levou o MA a uma reformulação da legislação que normatiza a realização de cursos de classificação vegetal e disciplina o credenciamento de clsssificadores e professores.
Foram implantadas uma série de medidas práticas. Os agentes supervisores passaram a se conduzir como parceiros dos prestadores de serviços ao invés de fiscais. Foram escolhidos técnicos de confiança para serem credenciados como professores de classificação vegetal. Foram oferecidos cursos para novos classificadores e reciclagem para os antigos. Foi desenvolvido um Diagnóstico do Sistema Nacional de Classificação Vegetal- DSNCV e uma nova metodologia de ensino voltada para a solução de colflitos, a motivação profissional e a cooperação. A valorização do treinamento tornou legítima a exigência do curso, pelo MA, como condição para o exercício da atividade. A iniciativa foi premiada no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na administração pública federal.
O principal responsável pela inovação foi Yoshio Fugita e sua equipe composta por Osvaldo Mandacari Escobar, José Donisete Ferreira e Jovimar Alves Matias. Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas na delegacia que está na Rua Dom Aquino, 2696, Campo Grande-MS, CEP 79002-182.
(mais em http://marcio.gama.zip.net)  &n bsp;
  



Escrito por marciogama às 11h09
[] [envie esta mensagem
] []





Inovação: Receita é ampliada em 63%

O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial- Inmetro obteve resultados significativos ao inovar na gestão. Chegou até a ser premiado em concurso nacional de inovação. Ao implantar o contrato de gestão, a receita cresceu 63%, treinou 70 gerentes e 600 funcionários no programa de desenvolvimento gerencial, ampliou o número de clientes em calibragem e certificação, aumentou o número de empresas-clientes de 130 para 1000 e aumentou a audiência de seus filmes de conscientização do consumidor na televisão. Antes da implantação, a empresa apresentava problemas como atendimento insatisfatório das necessidades e expectativas dos clientes, falta de estímulo à participação dos empregados à obtenção de resultados, baixa capacitação gerencial, gestão precária de processos, falta de indicadores de desempenho, excesso de burocracia, papel e missão institucional indefinidos. O plano de modernização começou com a definição da missão institucional, visão de futuro, esboço dos mecanismos a serem utilizados, estabalecimento de parcerias, descentralização administrativa, autonomia de gestão, fixação e melhoria contínua da imagem corporativa, gestão participativa, gestão empreendedora, gestão competente, gestão ágil, foco no cliente, foco nos parceiros, incremento da qualidade, incremento da produtividade, diferenciais de serviços agregados, mecanismos de indução à absorção, novas tecnologias e tecnologias emergentes. A iniciativa chegou a ser premiada no primeiro concurso de experiências inovadoras de gestão na administração pública federal. O principal responsável por esta inovação é Júlio César Carmo Bueno e sua equipe complementada por Ricardo de Oliveira e José Luiz Ferreira Cunha. Outras informações sobre esta inovação podem ser obtidas no instituto que está na Rua Santa Alexandrina, 416, Rio de Janeiro-RJ, CEP 22261-232.



Escrito por marciogama às 17h10
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]